anuncio

“Todos pedimos demissão. Desculpe o transtorno”, escreveram os funcionários. Trabalhadores pediram demissão na unidade reclamando do excesso de trabalho, de cargas horárias de até 60 horas semanais: saiba mais


O pedido de demissão em massa de funcionários de um Burger King na cidade americana de Lincoln, Nebraska, viralizou nas redes sociais nesta terça-feira. Em protesto contra condições de trabalho supostamente precárias, os demissionários alteraram os dizeres do painel que fica em frente à loja.

“Todos pedimos demissão. Desculpe o transtorno”, escreveram os funcionários, que se surpreenderiam com a repercussão nacional de um protesto realizado em uma cidade que, apesar de ser capital do estado, tem apenas 250 mil habitantes.

Segundo o noticiário local, pelo menos nove trabalhadores pediram demissão na unidade reclamando do excesso de trabalho, de cargas horárias de até 60 horas semanais e da ausência de ar-condicionado na cozinha do restaurante em pleno verão. 

De acordo com a rede local KLKN, a ex-gerente Rachael Flores, que também havia pedido demissão, chegou a ser hospitalizada com sinais de desidratação por causa do calor da cozinha.

Ao jornal USA Today, um porta-voz do Burger King afirmou que as condições de trabalho relatadas pelos funcionários em Lincoln “não estão alinhadas com os valores da nossa marca.”

— Nosso franqueado está avaliando a situação para garantir que isso não se repita no futuro — completou.

Fonte: jornal o Globo

Postar um comentário

0 Comentários