Babuíno considerado filho de Fernandinho beira-mar que é dono da facção CV, é morto a tiros: saiba mais

Tido como um "filho de consideração" do maior traficante do Brasil Fernandinho Beira-Mar (que está preso), Lindomar Gregório de Lucena, conhecido no mundo do Crime como "Babuíno", de 37 anos, foi um dos três mortos na operação da Polícia Civil na favela Parque das Missões, em Duque de Caxias, Baixada Fluminense. Na ficha do Traficante babuíno constam 48 anotações criminais, e a acusação de ser um dos assassinos de um policial rodoviário federal.

A operação, deflagrada na tarde de quinta-feira (13), conseguiu "estourar" o que as investigações apontaram como sendo uma das bases da maior facção criminosa Comando Vermelho – de onde os criminosos distribuíam armas e drogas para todo o Rio de Janeiro. De lá, a polícia também descobriu que traficantes da facção organizavam uma guerra a grupos criminosos rivais, principalmente na Zona Norte.

Como homem de confiança de Fernandinho Beira-Mar que é dono da facção comando vermelho, Lindomar, de acordo com a polícia, era o "dono" de várias favelas na Baixada Fluminense principalmente em duque de Caxias. Um relatório da polícia obtido pelo g1 indica, também, que os domínios do criminoso iam mais longe, chegando a Arraial do Cabo, na Região dos Lagos. Consta no documento que ele seria um dos chefes do tráfico naquele município.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

Formulário de contato